0

Em São Paulo: o delicioso café Chocolatria 

IMG_20170819_150807994

Já aviso: esse post vai ser longo porque eu tenho um histórico com a Chocolatria.

Lá trás no meu passado, mais precisamente no ano de 2009, descobri o Chocolatria: um blog fofíssimo, com receitas maravilhosas. Descobri também (graças ao blog) que existia um Café da Hello Kitty no Brasil e que a autora do Chocolatria, a chef Simone Izumi, que fazia todos os doces do local.

Na época, enchi as paciências do meu pai para me levar, primeiro porque eu não aguento ver algo fofo que eu quero ir (e tem algo mais fofo que CAFÉ DA HELLO KITTY?) e segundo porque eu precisava provar in loco os doces daquela mulher que ficava me deixando com vontade de tudo com aquele site maravilhoso.

Depois de encher muito as paciências do meu paizinho, ele finalmente me levou. Lembro que eu fiquei em choque por causa de tanta coisa fofa e rosa. Foi nesse dia que eu comi o meu primeiro cupcake da vida, que me deixou apaixonada.

Os anos passaram, e eu meio que acabei esquecendo a existência do Chocolatria até o início desse ano.

IMG_3151

Ovos e doces especiais de páscoa do antigo Espaço Chocolatria

Namorado e eu ambos trabalhamos com alimentos, e quanto mais a gente estuda e entende a indústria da alimentação, mais a gente quer dar suporte e incentivar o pequeno produtor. Então a gente fez um pacto de tentar consumir menos de grandes indústrias, tentar tomar as rédeas do que consumimos e tentar produzir ao invés de consumir, ou quando não conseguimos (ou não queremos), tentar comprar diretamente de um pequeno produtor ou de um chef local.

IMG_3153

Ovos e doces especiais de páscoa do antigo Espaço Chocolatria

Estou contando TUUUDO isso porquê na páscoa desse ano eu decidi que eu iria produzir os ovos de páscoa que eu iria dar de presente, e lembrei DO NADA dos cursos que a Simone dava no Chocolatria. Entrei no instagram da Simone e acabei descobrindo que eles estariam com a lojinha do ateliê (que só abria aos sábados) aberta todos os dias devido a páscoa. E lá fomos eu e o namorado no Espaço Chocolatria.

Fiquei louca. Não sabia por onde começar a escolher de tantos docinhos lindos.

Primeiro de tudo: nos serviram degustação dos ovos, todos diviníssimos. Escolhi alguns chocolates e resolvi comprar o livro da Simone. Quando eu fui passar no caixa, o marido da Simone fala ‘Vou pedir pra autografar para você’ e lá veio a Simone, de avental e tudo, assinar o meu livro. E eu travei. Fiquei tão maravilhada de conhecer a Simone e com tanta vergonha/medo de estar incomodando que eu fiquei muda. Fui só destravar quando eu entrei no carro.

IMG_20170819_150725163

Café Chocolatria: lugar fofinho 

Enfim, contei tudo isso só para falar que o antigo Espaço Chocolatria fechou, e que finalmente temos o Café Chocolatria: uma espaço fofo que abre de segunda a sábado, com todas as delícias da Simone. Nada de esperar até sábado agora para poder achar a lojinha aberta. 😂

 

IMG_20170819_143615830

Mesinhas externas do Café

O Café Chocolatria é um espaço super fofo, meio escondido em uma rua residencial perto do Aeroporto de Congonhas. Chegamos ao local as 14 horas de um sábado e já estava cheio. Quando fomos embora mais ou menos as 15 horas estava lotadíssimo.

IMG_20170819_143805855

Maya Shot (R$ 11)

Meu escolhido para beber foi o Maya Shot (R$ 11): chocolate quente cremoso com especiarias. Eita chocolate quente gostoso, cremoso e saboroso. Morri de amores.

IMG_20170819_143747420

Brioche de Churros (R$ 13)

Para comer, fui de Brioche de Churros (R$ 13), que é um brioche bem fofinho recheado com doce de leite. Gostoso, mas nada demais. Invista nos doces e chocolates que vale mais a pena.

IMG_20170819_143810497

Bolo Trovão de Brigadeiro (R$ 13)

Mas o favorito mesmo da nossa visita foi o pedido do namorado, o Bolo Trovão de Brigadeiro (R$ 13, a fatia). Meus amigos, que bolo é esse? Sensacional. Sério. O namorado que não é chegado em bolo destruiu, e quase que eu não consigo provar.

É um bolo de brigadeiro bem denso e chocolatudo, mas sem ser enjoativo. Devoramos o pedaço e ficamos super tentados em pedir o segundo.

IMG_20170819_144851803

Levei um waffer de framboesa (R$ 14) para comer em casa, que eu já tinha levado da última vez que tinha ido ao Espaço Chocolatria. É uma waffer recheada de framboesa, com cobertura de chocolate.

Dessa vez não rolou com o waffer porque estava murchinho ☹️ (choro). Fiquei triste demais, porque eu sei que quando ele está crocante é maravilhoso.

IMG_20170819_143626554

Docinhos que são um amor ❤

Como o espaço é novo, o atendimento ainda está bem confuso, mas isso melhora com o tempo. Tiveram alguns erros (como o waffer murchinho), mas faria uma nova visita ao local.

Café Chocolatria – Rua Rita Joana de Sousa, 38, Campo Belo – SP.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso  ).

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai e siga a gente pelas nossas andanças pelo mundo 😉

Anúncios
0

Em São Paulo: um almoço na Padaria da Esquina

IMG_3577

Meu coração é das padarias. Não tem jeito. Não pode abrir uma padaria interessante nova em São Paulo que eu já fico doida pra ir.

Esse foi o caso da Padaria da Esquina, que eu fui, me apaixonei e precisei ir de novo pra escrever um post aqui no blog.

IMG_3578

A Padaria da Esquina é uma padaria portuguesa moderna. É um empreendimento de Victor Sobral e do restauranteur Edrey Momo, donos e idealizadores do Tasca da Esquina e Taberna da Esquina. Ou seja, já era esperado uma padaria portuguesa com receitas tradicionais, mas com uma pegada mais moderninha (que o paulista ama).

O espaço é bem bonito. Temos a área da padaria e algumas prateleiras com produtos, como um pequeno empório.

IMG_3579

Visitei a casa duas vezes: uma em um domingo a tarde (que o local estava lotadíssimo) e outra em uma quinta-feira no horário do almoço (que o local estava super tranquilo).

Como na minha segunda visita quis aproveitar para almoçar, nos jogamos no cardápio de lanches e pratos.

IMG_3584 (1)

Sande Fria (R$ 21)

O meu pedido foi uma Sande fria de lombo de porco assado, tomate, manjericão, alface e aioli da Esquina (R$ 21) acompanhado de mostarda e picles. Meu lanchinho estava muito bom, o porco estava gostoso e a mostarda de acompanhamento era bem forte, o que deu um ótimo toque.

IMG_3583 (1)

Tiborna de Bacalhau (R$ 33)

Minha mãe foi de Tiborna de Bacalhau (R$ 33). A tiborna é um prato português em que o pão é usado como base para peixes e legumes. O do Padaria da Esquina vai bacalhau, espinafre, palmito pupunha, tomate assado, salsa, azeitonas, cebola e queijo meia cura por cima de uma fatia de pão de azeite.

Achei o recheio bem leve e com sabor suave, mesmo tendo diversos ingredientes de sabor forte. O que pegou mesmo foi o pão: bem duro, difícil de cortar com a faca (mordendo então, pior ainda).

IMG_3586 (1)

Vitrine de doces: um mais lindo e mais gostoso que o outro

De sobremesa tive que pedir o Fofo de Chocolate (R$ 9.10), um bolinho de chocolate baixo, que lembra uma mousse de tão cremoso. Tinha provado na minha primeira visita e me apaixonado por ele de tão bom.

Também levei alguns pães para casa, como o de azeite que é delicioso e super leve. Vale a pena uma visita na casa para provar também os doces portugueses (como o pastel de nata) que são muito bons.

Padaria da Esquina – Alameda Campinas, 1630, Jardim Paulista. São Paulo – SP.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso  ).

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai e siga a gente pelas nossas andanças pelo mundo 😉

 

1

Em São Paulo: um almoço de domingo no Bráz Trattoria

IMG_3383Amados viajantes comilões, me perdoem. Vira e mexe eu sumo do blog, por motivos de força maior (quebra na rotina, preguiça, um pouco de decepção bloguística…). Mas espero voltar de vez, e conseguir pelo menos um postzinho por semana.

Por mais que eu não esteja postando no blog, eu sempre estou pensando nele. Quando conheço um lugar novo, ou tenho uma pauta pro blog, eu escrevo primeiro em um caderno (que eu levo pra todo lugar comigo) e depois só transcrevo no WordPress pra vocês. Meu caderninho tá cheio de post pra digitar, e esse é o caso da resenha de hoje, que está esperando desde o dia CINCO DE MAIO pra ser postada (parabéns, Leonora, pela rapidez).

IMG_3372

Graças ao livrinho Dois Por Um que compramos, tínhamos um desconto para ser usado no Bráz Trattoria. Como namorado aaaama comida italiana, lá fomos nós visitar a casa em um almoço de domingo.

O Bráz Trattoria é uma extensão da Bráz Pizzaria, servindo as suas famosas pizzas combinada com um menu de comida italiana clássica. Quem comanda as receitas da casa é o sócio e chef Benny Novak (que também é dono e também assina o menu do Ici Brasserie).

O Bráz Trattoria fiva no último andar do Shopping Cidade Jardim (apenas o shopping mais fancy de São Paulo). Tem um estilo de decoração industrial moderno, e através das grandes janelas do restaurante dá pra ter uma vista legal da Marginal Pinheiros.

Chegamos na casa às 13 horas de um domingo, e já estava lotada. Esperamos mais ou menos vinte minutos para conseguirmos uma mesa.

Como já havíamos provado as pizzas em algumas visitas no Bráz Pizzaria, decidimos dessa vez provar os pratos que a casa oferece.

IMG_3375

Arancini Bráz (R$ 26)

De entrada, pedimos o Arancini Bráz (R$ 26): bolinho de risoto recheado com queijo. Primeiro ficamos chocados pelo tamanho da porção, que vem com apenas três pequenos arancinis. Segundo que eu queria entender porquê os restaurantes servem entradas em número ímpar, já que sempre vemos as mesas ocupadas por 2 ou 4 pessoas. O arancini estava gostoso, recheado com bastante queijo, mas pelo custo/benefício não vale a pena. Não é tão bom pra custar tanto por 3 bolinhas pequenas.

IMG_3377

Porchetta (R$ 49)

Pedi a Porchetta (R$ 49) acompanhada de cebolas assadas e polenta crocante de prato principal. Porchetta é um prato típico italiano feito de porco desossado, marinado em uma mistura de ervas e especiarias.

Nós amamos porchetta, e toda vez que temos oportunidade fazemos aqui em casa, mesmo sendo um prato demorado e um pouco delicado. Achei a porchetta do Bráz um pouco seca, mas a polenta crocante e a cebola estavam sensacionais. As cebolas ao balsâmico combinaram muito bem com a carne de porco.

IMG_3379

Spaghetti à Carbonara e Polpettine de Pancetta (R$ 52)

Também pedimos o Spaghetti à Carbonara e Polpettine de Pancetta (R$ 52). Spaghetti à Carbonara é um macarrão feito com ovos, pimenta do reino, queijo parmesão e bacon. É outro prato que amamos cozinhar em casa. A versão do Bráz estava beeem cremosa e gostoso, mas achamos que faltou um pouco de pimenta do reino. Corrigimos pedindo a pimenta a parte e colocando por cima.

Como usamos o cupom do Dois Por Um, a conta com bebidas e serviço deu R$ 105. O atendimento no restaurante foi ótimo, um dos melhores que já tivemos e o ambiente é bem bonito. Achei os pratos bem ok, mas como gostamos bastante da pizza do Bráz provavelmente voltaremos ao restaurante.

Bráz Trattoria – Av. Magalhães de Castro, 12000. Shopping Cidade Jardim. São Paulo – SP

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso 😉 ).

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai e siga a gente pelas nossas andanças pelo mundo 😉

11

Conhecendo São Paulo com o livro Dois Por Um

doisporum

O maior motivo que fez criar o blog foi para me forçar a achar lugares novos. Eu e o namorado saíamos quase todos os finais de semana, mas sempre para os mesmos lugares, sabe?

Comecei a achar esse hábito um desperdício de dinheiro, afinal, moramos do lado de São Paulo, temos inúmeras opções de lugares para irmos. Muitas pessoas gostariam de morar aqui perto para poder aproveitar tudo o que São Paulo tem. Assim surgiu o blog: para me fazer pesquisar lugares novos, sonhar mais com novas viagens e, de quebra, incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo.

Em uma das minhas pesquisas de lugares novos aonde poderíamos ir descobri o projeto Dois Por Um, um livrinho muito bonitinho de cupons de desconto, onde quando você pedia algo em um dos locais que faziam parte do projeto, você ganhava outro produto para a pessoa que está te acompanhando. Achei a proposta super interessante e válida, porque, afinal, incentiva a sair mais e, o melhor, gastando menos. Mas acabei esquecendo de comprar o livrinho e deixando pra lá.

doisporum2

Mês passado eu lembrei do projeto e comprei o livro desse ano para nos dar de presente. Cada ano tem um livrinho novo válido com restaurantes diferentes. E agora que já usamos um pouco vim aqui contar para vocês sobre a nossa experiência.

O Dois Por Um é um livro de desconto com 82 estabelecimentos participantes, que funciona no estilo 2 por 1 (pede-se um, ganha-se outro de igual ou menor valor) para você e um acompanhante. A maioria dos descontos é de restaurantes, mas também tem de hotéis, motel, bares, baladas, etc etc.

A maioria dos lugares funciona assim: você pede um prato e o seu acompanhante ganha outro de menor ou igual valor. Há exceções em alguns dos lugares limitando o tipo do prato que você pode pedir, mas é a minoria.

O livrinho custou R$ 85, mas como tem diversos lugares que eu e o namorado queremos conhecer  ou que gostamos de ir (como o Dalva e Dito, Açougue Central, Bullguer, Rubayat, Le Bife…), achamos que vamos ter uma boa economia. O livro tem prazo de validade e temos que usá-lo até dia 20 de dezembro (o que não vai ser nada difícil).

doisporum1

Os restaurantes e lugares que fazem parte do Dois Por Um

Já usamos uma vez para testar, fomos no Bráz Trattoria e economizamos R$ 49,00, já que o meu prato foi abatido por ser o de menor valor. Em uma visita já recuperamos mais da metade do dinheiro que custou o livrinho.

Por enquanto, estou amando o livrinhos e as novas possibilidades de lugares para irmos gastando menos. Como ele é anual, se gostarmos muito e se haverem novos restaurantes no livro de 2018 com certeza iremos comprar novamente.

Dois Por Um – dá para comprar pelo site, ou em algumas livrarias que o site indica.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso 😉 ).