0

Em São Paulo: o delicioso café Chocolatria 

IMG_20170819_150807994

Já aviso: esse post vai ser longo porque eu tenho um histórico com a Chocolatria.

Lá trás no meu passado, mais precisamente no ano de 2009, descobri o Chocolatria: um blog fofíssimo, com receitas maravilhosas. Descobri também (graças ao blog) que existia um Café da Hello Kitty no Brasil e que a autora do Chocolatria, a chef Simone Izumi, que fazia todos os doces do local.

Na época, enchi as paciências do meu pai para me levar, primeiro porque eu não aguento ver algo fofo que eu quero ir (e tem algo mais fofo que CAFÉ DA HELLO KITTY?) e segundo porque eu precisava provar in loco os doces daquela mulher que ficava me deixando com vontade de tudo com aquele site maravilhoso.

Depois de encher muito as paciências do meu paizinho, ele finalmente me levou. Lembro que eu fiquei em choque por causa de tanta coisa fofa e rosa. Foi nesse dia que eu comi o meu primeiro cupcake da vida, que me deixou apaixonada.

Os anos passaram, e eu meio que acabei esquecendo a existência do Chocolatria até o início desse ano.

IMG_3151

Ovos e doces especiais de páscoa do antigo Espaço Chocolatria

Namorado e eu ambos trabalhamos com alimentos, e quanto mais a gente estuda e entende a indústria da alimentação, mais a gente quer dar suporte e incentivar o pequeno produtor. Então a gente fez um pacto de tentar consumir menos de grandes indústrias, tentar tomar as rédeas do que consumimos e tentar produzir ao invés de consumir, ou quando não conseguimos (ou não queremos), tentar comprar diretamente de um pequeno produtor ou de um chef local.

IMG_3153

Ovos e doces especiais de páscoa do antigo Espaço Chocolatria

Estou contando TUUUDO isso porquê na páscoa desse ano eu decidi que eu iria produzir os ovos de páscoa que eu iria dar de presente, e lembrei DO NADA dos cursos que a Simone dava no Chocolatria. Entrei no instagram da Simone e acabei descobrindo que eles estariam com a lojinha do ateliê (que só abria aos sábados) aberta todos os dias devido a páscoa. E lá fomos eu e o namorado no Espaço Chocolatria.

Fiquei louca. Não sabia por onde começar a escolher de tantos docinhos lindos.

Primeiro de tudo: nos serviram degustação dos ovos, todos diviníssimos. Escolhi alguns chocolates e resolvi comprar o livro da Simone. Quando eu fui passar no caixa, o marido da Simone fala ‘Vou pedir pra autografar para você’ e lá veio a Simone, de avental e tudo, assinar o meu livro. E eu travei. Fiquei tão maravilhada de conhecer a Simone e com tanta vergonha/medo de estar incomodando que eu fiquei muda. Fui só destravar quando eu entrei no carro.

IMG_20170819_150725163

Café Chocolatria: lugar fofinho 

Enfim, contei tudo isso só para falar que o antigo Espaço Chocolatria fechou, e que finalmente temos o Café Chocolatria: uma espaço fofo que abre de segunda a sábado, com todas as delícias da Simone. Nada de esperar até sábado agora para poder achar a lojinha aberta. 😂

 

IMG_20170819_143615830

Mesinhas externas do Café

O Café Chocolatria é um espaço super fofo, meio escondido em uma rua residencial perto do Aeroporto de Congonhas. Chegamos ao local as 14 horas de um sábado e já estava cheio. Quando fomos embora mais ou menos as 15 horas estava lotadíssimo.

IMG_20170819_143805855

Maya Shot (R$ 11)

Meu escolhido para beber foi o Maya Shot (R$ 11): chocolate quente cremoso com especiarias. Eita chocolate quente gostoso, cremoso e saboroso. Morri de amores.

IMG_20170819_143747420

Brioche de Churros (R$ 13)

Para comer, fui de Brioche de Churros (R$ 13), que é um brioche bem fofinho recheado com doce de leite. Gostoso, mas nada demais. Invista nos doces e chocolates que vale mais a pena.

IMG_20170819_143810497

Bolo Trovão de Brigadeiro (R$ 13)

Mas o favorito mesmo da nossa visita foi o pedido do namorado, o Bolo Trovão de Brigadeiro (R$ 13, a fatia). Meus amigos, que bolo é esse? Sensacional. Sério. O namorado que não é chegado em bolo destruiu, e quase que eu não consigo provar.

É um bolo de brigadeiro bem denso e chocolatudo, mas sem ser enjoativo. Devoramos o pedaço e ficamos super tentados em pedir o segundo.

IMG_20170819_144851803

Levei um waffer de framboesa (R$ 14) para comer em casa, que eu já tinha levado da última vez que tinha ido ao Espaço Chocolatria. É uma waffer recheada de framboesa, com cobertura de chocolate.

Dessa vez não rolou com o waffer porque estava murchinho ☹️ (choro). Fiquei triste demais, porque eu sei que quando ele está crocante é maravilhoso.

IMG_20170819_143626554

Docinhos que são um amor ❤

Como o espaço é novo, o atendimento ainda está bem confuso, mas isso melhora com o tempo. Tiveram alguns erros (como o waffer murchinho), mas faria uma nova visita ao local.

Café Chocolatria – Rua Rita Joana de Sousa, 38, Campo Belo – SP.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso  ).

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai e siga a gente pelas nossas andanças pelo mundo 😉

Anúncios
0

Em São Paulo: um almoço na Padaria da Esquina

IMG_3577

Meu coração é das padarias. Não tem jeito. Não pode abrir uma padaria interessante nova em São Paulo que eu já fico doida pra ir.

Esse foi o caso da Padaria da Esquina, que eu fui, me apaixonei e precisei ir de novo pra escrever um post aqui no blog.

IMG_3578

A Padaria da Esquina é uma padaria portuguesa moderna. É um empreendimento de Victor Sobral e do restauranteur Edrey Momo, donos e idealizadores do Tasca da Esquina e Taberna da Esquina. Ou seja, já era esperado uma padaria portuguesa com receitas tradicionais, mas com uma pegada mais moderninha (que o paulista ama).

O espaço é bem bonito. Temos a área da padaria e algumas prateleiras com produtos, como um pequeno empório.

IMG_3579

Visitei a casa duas vezes: uma em um domingo a tarde (que o local estava lotadíssimo) e outra em uma quinta-feira no horário do almoço (que o local estava super tranquilo).

Como na minha segunda visita quis aproveitar para almoçar, nos jogamos no cardápio de lanches e pratos.

IMG_3584 (1)

Sande Fria (R$ 21)

O meu pedido foi uma Sande fria de lombo de porco assado, tomate, manjericão, alface e aioli da Esquina (R$ 21) acompanhado de mostarda e picles. Meu lanchinho estava muito bom, o porco estava gostoso e a mostarda de acompanhamento era bem forte, o que deu um ótimo toque.

IMG_3583 (1)

Tiborna de Bacalhau (R$ 33)

Minha mãe foi de Tiborna de Bacalhau (R$ 33). A tiborna é um prato português em que o pão é usado como base para peixes e legumes. O do Padaria da Esquina vai bacalhau, espinafre, palmito pupunha, tomate assado, salsa, azeitonas, cebola e queijo meia cura por cima de uma fatia de pão de azeite.

Achei o recheio bem leve e com sabor suave, mesmo tendo diversos ingredientes de sabor forte. O que pegou mesmo foi o pão: bem duro, difícil de cortar com a faca (mordendo então, pior ainda).

IMG_3586 (1)

Vitrine de doces: um mais lindo e mais gostoso que o outro

De sobremesa tive que pedir o Fofo de Chocolate (R$ 9.10), um bolinho de chocolate baixo, que lembra uma mousse de tão cremoso. Tinha provado na minha primeira visita e me apaixonado por ele de tão bom.

Também levei alguns pães para casa, como o de azeite que é delicioso e super leve. Vale a pena uma visita na casa para provar também os doces portugueses (como o pastel de nata) que são muito bons.

Padaria da Esquina – Alameda Campinas, 1630, Jardim Paulista. São Paulo – SP.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso  ).

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai e siga a gente pelas nossas andanças pelo mundo 😉

 

0

Em São Paulo: a hamburgueria hype Cabana Burger 

IMG_20170702_173545129Existem uns lugares em São Paulo que viram hype do nada, e parece que todo mundo cisma em ir no mesmo lugar. Foi o caso do Cabana Burger, que fez aparições esporádicas na timeline do meu instagram pelo menos uma vez por semana nos últimos meses.

O Cabana Burger é uma hambúrgueria inspirada no Shake Shack (rede de fast food americana), com a intenção de ser o novo ‘bom e barato’ de SP.

IMG_20170702_173549544

Ambiente bonitoso

Chegamos na casa às 18 horas de um domingo e a casa estava lotada. Consegui a última mesa disponível. O ambiente é lindo, acho que uma das hamburguerias mais bonitas que já fomos.

Aí começou o problema. Levou 10 minutos para alguém notar que eu não tinha cardápio. Mais 10 minutos para alguém resolver vir pegar meu pedido de bebidas. Mais um tempão para conseguirmos pedir os hambúrgueres.

Se fosse porque a casa estava lotada, tudo bem. O problema era ter garçons mais preocupados em conversar entre eles do que atender. Já deu pra notar que o serviço foi bem ruim, né?

IMG_20170702_175755721

Cheese fries (R$ 14) e Hibiscus Pink Lemonade (R$ 11)

Pedi para beber uma das bebidas da casa, a Hibiscus Pink Lemonade (R$ 11): suco de limão, chá de hibiscus e especiarias. Estava bem gostoso, docinho e refrescante.

De entrada pedimos a Cheese Fries (R$ 14): batata frita com queijo cheddar derretido. As batatas vieram MUITO salgadas e estavam murchinhas, como se tivessem ficado muito tempo esperando para serem servidas e empaparam no queijo.

IMG_20170702_180929059

PCQ (R$ 19): hambúrguer com american cheese, molho cabana e pão da casa

Minha escolha de hambúrguer foi o PCQ (R$ 19): hambúrguer com american cheese e molho cabana, servida no pão da casa. Pedi para acrescentarem  picles da casa (R$ 3).

Pedimos esse hambúrguer duas vezes, um para mim e outro para o namorado em momentos diferentes do jantar. Ambos vieram bem passados, sendo que pedimos mal passados. A gente entende que a casa estava cheia, mas se o local se compromete em perguntar o ponto da carne, ele deve tentar entregar o pedido.

Eu até entendo que a maioria dos lugares tende a passar um pouco mais o ponto da carne, devido ao gosto do brasileiro que prefere a carne bem passada, mas de mal passado pra bem passado é uma diferença de pontos muito grande.

Achei o hambúrguer bem ok, não era ruim, mas também não era nada demais.

IMG_20170702_180951616

Melted (R$ 33): hambúrguer de wagyu, com queijo cheddar derretido e bacon

Namorado pediu o Melted (R$ 33): hambúrguer de 160 gramas com blend 100% carne Wagyu com queijo cheddar derretido e bacon, servido no pão da casa.

O Wagyu é um boi que possui uma carne muito nobre, saborosa e que tem bastante gordura entremeada. Então, na minha humilde opinião, um hambúrguer ter como estrela principal a carne por ela  ser tão especial.

No caso, o cheddar derretido cobriu o gosto da carne, e era um cheddar comum, com super gosto de industrial.

De sabor, virou um hambúrguer comum, que não justificaria os 33 reais que ele custa por usarem uma carne de Wagyu. É um ingrediente nobre, usado em um prato que não faria a mínima diferença se fosse usada carne de outra raça de gado.

IMG_20170702_185332242

Milk shake de nutella (R$ 22)

De sobremesa, pedimos um milk shake de nutella (R$ 22), que estava muito bom e cheio de nutella de VERDADE (porque muitos lugares falam que é nutella, mas usam qualquer coisa menos nutella).

IMG_20170702_185019779

Homemade Cookie (R$ 10)

Pedimos também o Homemade Cookie (R$ 10). Cookie gigante, recheado com muuuita nutella, e que eu achei delicioso. De novo, sem miséria na nutella.

Já pedimos a conta junto com as sobremesas. Vinte minutos depois, pedimos novamente. Mais quinze minutos de espera, desistimos e fomos no caixa pagar.

No geral, foi um jantar bem ok. Nada que eu comi foi memorável a ponto de me fazer voltar e o atendimento bem ruim garantiu que eu não voltasse mais. Cheguei a conclusão que tudo que vira hype em São Paulo deveria ser enterrado e esquecido.

Cabana Burger – Rua Oscar Freire, 56, Jardim Paulista.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso 😉 ).

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai e siga a gente pelas nossas andanças pelo mundo 😉

 

 

0

Em São Paulo: um dos melhores sorvetes da cidade no Gelato Boutique 

IMG_20170709_144011358Uma das coisas que eu mais amo na vida é flanar pela avenida Paulista. Tem algo de entrar nas galerias e ficar observando as outras pessoas circulando que me acalma e que me deixa muito feliz.

Em um sábado que acabei ficando sozinha, resolvi partir para a avenida Paulista e lembrei que queria conhecer a Gelato Boutique, uma sorveteria que ouvi falar muito bem.

IMG_20170709_143738193

Alguns sabores dos gelatos

A Gelato Boutique é a sorveteria da Marcia Gabin. Formada em gastronomia pelo Le Cordon Bleu, se tornou mestre gelatiere pela Gelato University, em Bolonha.

 Se essa carteirada não basta para te convencer que ela faz um bom gelato, a Gelato Boutique ganhou o prêmio de melhor sorvete, em 2013, do Firenze Gelato Festival.

Na Gelato Boutique, os sorvetes são feitos de forma artesanal utilizando ingredientes ‘reais’. Nada de emulsificantes, nada de estabilizantes. Os sabores são bem diferentes e fiquei com vontade de provar todos.

A sorveteria possui duas unidades: a matriz, que fica na Rua Pamplona, e outra escondidinha no último piso do Shopping Cidade São Paulo.

IMG_3444

Pink lemonade e chocolate belga (R$ 14)

Na minha primeira visita, pedi uma casquinha média (R$ 14) para poder provar dois sabores. Pedi o Chocolate Belga (eu sei, todo lugar tem esse sabor, mas deu vontade). O sorvete estava super cremoso e com o sabor bem acentuado de chocolate de boa qualidade. Um dos melhores que já comi.

Pedi, também, o sabor Pink Lemonade, que foi um tapa na minha cara de tão bom. Normalmente sorvetes com base de água ficam cristalizados e não são tão cremosos. Esse era super cremoso, com o sabor bem de pink lemonade mesmo. Era incrível.

IMG_20170709_144155497

Fiz uma segunda visita ao local, dessa vez na unidade matriz na Rua Pamplona. Pedi novamente a casquinha média (R$ 14). Aliás, a casquinha do Gelato Boutique é um caso de amor a parte, porque é muito deliciosa. A melhor que eu já comi.

Nessa visita eu escolhi o sabor Amma: chocolate Amma com maracujá. Amo a combicação de chocolate com frutas cítricas, e esse sorvete estava uma delícia, super bem equilibrado entre doce e azedo.

Pedi também um sabor de chocolate com avelãs que eu não lembro o nome, mas o namorado amou e eu também. Muito gostoso.

O Gelato Boutique ganhou meu coração de pessoa que ama sorvetes. É, sem dúvidas, um dos melhores sorvetes da cidade e vale muito a visita. Aliás, a decoração da sorveteria é MUITO bonita. Vale super a pena ficar lá papeando só pelo espaço bonito (e o sorvete, claro).

Gelato Boutique – Rua Pamplona, 1023, Jardim Paulista ou Av. Paulista, 1230, Bela Vista (dentro do shopping Cidade São Paulo).

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso 😉 ).

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai e siga a gente pelas nossas andanças pelo mundo 😉

15

Em São Paulo: comendo uma das melhores pizzas da cidade no Carlos Pizza

IMG_3254

O Namorado passou por uma fase ‘pizza’ nos últimos meses. Qualquer coisa, fica com vontade de comer pizza, e lá vamos nós procurar uma pizzaria que nunca fomos que seja boa.

A Carlos Pizza é uma pizzaria na Vila Madadela, do chef argentino Luciano Nardelli, que é bem conhecida em São Paulo. Ficou famosa por sempre fazer parte das listas de melhores pizzas da cidade. Deveras, fazendo uma pizza com bons ingredientes e fermentação lenta natural, é merecido estar nas listas das melhores.

O espaço é bem romântico e escuro, à luz de velas. Um bom lugar para um date, mas haviam diversas famílias no local. Chegamos cedo para não termos que enfrentar a fila de espera quilométrica que se forma depois das 19:30 para o jantar.

IMG_3257

Puglia (R$ 40): burrata cremosa servida com pesto e pão assado na hora

De entrada, pedimos a Puglia (R$ 40): burrata cremosa servida com pesto e pão assado na hora. A burrata é um tipo de queijo bem macio feito com muçarela de búfala e creme de leite (em alguns lugares pode também conter leite de vaca em sua composição). É um queijo bem cremoso, servido frio e com o pesto ficou uma delícia. O pão era muito bom, ainda quentinho do forno.

IMG_3259

San Daniele (R$ 48): presunto cru italiano, muçarela, parmesão e erva doce

Na Carlos Pizza, as pizzas são de tamanho individual. Eu pedi o sabor San Daniele (R$ 48): presunto cru italiano, muçarela, parmesão e erva doce. Achei a massa leve, de espessura média e borda de tamanho bom, mas não achei muito saborosa. O recheio foi bem feito e fava para sentir que eram ingredientes de boa qualidade.

IMG_3261

Toscana (R$ 44): muçarela, parmesão, pancetta artesanal e cogumelos

A minha favorita mesmo foi o sabor que o namorado escolheu, a Toscana (R$ 44): muçarela, parmesão, pancetta artesanal e cogumelos. Que recheio delicioso! Tudo bem que eu sou suspeita para falar, já que eu amo barriga de porco e amo mais ainda cogumelos, mas, juro, estava muito boa. Quase pedi para o namorado trocar comigo.

Tivemos um jantar super agradável e sem pressa, mesmo a casa estando lotada. Recomendo muito o local para um date ou um jantar mais íntimo.

Carlos Pizza – Rua Harmonia, 501 – Sumarezinho, São Paulo – SP.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso 😉 ).

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai e siga a gente pelas nossas andanças pelo mundo 😉