15

Em São Paulo: comendo uma das melhores pizzas da cidade no Carlos Pizza

IMG_3254

O Namorado passou por uma fase ‘pizza’ nos últimos meses. Qualquer coisa, fica com vontade de comer pizza, e lá vamos nós procurar uma pizzaria que nunca fomos que seja boa.

A Carlos Pizza é uma pizzaria na Vila Madadela, do chef argentino Luciano Nardelli, que é bem conhecida em São Paulo. Ficou famosa por sempre fazer parte das listas de melhores pizzas da cidade. Deveras, fazendo uma pizza com bons ingredientes e fermentação lenta natural, é merecido estar nas listas das melhores.

O espaço é bem romântico e escuro, à luz de velas. Um bom lugar para um date, mas haviam diversas famílias no local. Chegamos cedo para não termos que enfrentar a fila de espera quilométrica que se forma depois das 19:30 para o jantar.

IMG_3257

Puglia (R$ 40): burrata cremosa servida com pesto e pão assado na hora

De entrada, pedimos a Puglia (R$ 40): burrata cremosa servida com pesto e pão assado na hora. A burrata é um tipo de queijo bem macio feito com muçarela de búfala e creme de leite (em alguns lugares pode também conter leite de vaca em sua composição). É um queijo bem cremoso, servido frio e com o pesto ficou uma delícia. O pão era muito bom, ainda quentinho do forno.

IMG_3259

San Daniele (R$ 48): presunto cru italiano, muçarela, parmesão e erva doce

Na Carlos Pizza, as pizzas são de tamanho individual. Eu pedi o sabor San Daniele (R$ 48): presunto cru italiano, muçarela, parmesão e erva doce. Achei a massa leve, de espessura média e borda de tamanho bom, mas não achei muito saborosa. O recheio foi bem feito e fava para sentir que eram ingredientes de boa qualidade.

IMG_3261

Toscana (R$ 44): muçarela, parmesão, pancetta artesanal e cogumelos

A minha favorita mesmo foi o sabor que o namorado escolheu, a Toscana (R$ 44): muçarela, parmesão, pancetta artesanal e cogumelos. Que recheio delicioso! Tudo bem que eu sou suspeita para falar, já que eu amo barriga de porco e amo mais ainda cogumelos, mas, juro, estava muito boa. Quase pedi para o namorado trocar comigo.

Tivemos um jantar super agradável e sem pressa, mesmo a casa estando lotada. Recomendo muito o local para um date ou um jantar mais íntimo.

Carlos Pizza – Rua Harmonia, 501 – Sumarezinho, São Paulo – SP.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso 😉 ).

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai e siga a gente pelas nossas andanças pelo mundo 😉

Anúncios
0

Em São Paulo: comendo pizza no Bráz Pizzaria

brazpizzaria

Se tem uma coisa que eu tenho birra de comer, essa coisa é pizza. “Mas nossa Leonora, você não gosta de pizza?” não é bem assim, eu só não ligo e acho que a maioria dos lugares fazem pizzas (bem) ruins.

Pizza é massa, molho e recheio. Se o lugar tiver uma massa pesada, um molho sem gosto e recheios feitos com ingredientes ruins, a pizza vai ser ruim. Não existe fórmula mágica que faça ela ficar boa.

brazpizzaria4

Ambiente do Bráz Pizzaria

Pois bem. Namorado entrou em uma fase “quero comer pizza boa” e começamos a procurar as melhores de São Paulo, pra ver se a gente consegue diminuir essa minha birra. E foi assim que descobrimos o Bráz Pizzaria.

O Bráz Pizzaria é um empreendimento da Cia. Tradicional de Comércio (mesmos donos do Ici Brasserie, Lanchonete da Cidade, etc), um grupo que visa abrir restaurantes tradicionais, com cara de antigamente e com jeitinho de regionais. Todos os restaurantes do grupo que eu visitei achei bons.

brazpizzaria3

A primeira coisa que eu reparei quando entramos no local foi o cheiro maravilhoso de molho de tomate. A segunda coisa foi o espaço: ambiente de azulejos branquinhos, forno no meio do salão onde você pode ver sua pizza ser preparada e prateleiras cheias de latas de azeite de marca própria.

brazpizzaria1

O Famoso Pão de Calabresa (R$ 21)

Pedimos três pizzas grandes para oito pessoas e um pedaço do tão bem falado pão de calabresa. O Famoso Pão de Calabresa (R$ 21) – sim, esse é o nome dele – é uma massa leve, feito com fermentação natural, recheado com a calabresa exclusiva do Bráz. Como eu não gostei muito do sabor dessa calabresa, achei o pão bem ok, mas a massa era bem saborosa e realmente leve.

brazpizzaria2

Meu sabor favorito da noite: Funghi (R$ 84)

As massas das pizzas são muito boas, acho que uma das melhores que eu já comi. Feita com fermentação natural, tem um sabor muito bom. Aliás, dá para ver na borda da pizza as bolhas que a fermentação natural deixa na massa (eu, que trabalho com pães, acho isso lindo).

Não achei que a pizza tinha massa grossa, mas tem uma borda gigante fazendo com que tivesse pouco recheio. Normalmente eu não como borda, mas a massa do Bráz estava tão boa que eu comi todas.

O sabor de pizza que eu mais gostei das que pedimos foi o Funghi (R$ 84): mussarela, cogumelos, shitakes, fatias de cebola roxa e salsinha. Tudo bem equilibrado, ingredientes de qualidade, bem saboroso. Gostei muito.

Nós visitamos a unidade de Pinheiros, mas há mais quatro unidades em São Paulo (e mais duas no Rio de Janeiro). Nossa visita foi super tranquila, mas chegamos ao local antes das 19 horas. Quando saímos (umas 21 horas), a área de espera estava lotadíssima. Ou seja, ou chegue cedo ou tenha paciência de aguardar bastante.

Bráz Pizzaria  – Visitamos a unidade de Pinheiros. Rua Vupabussu, 271 – Pinheiros, São Paulo.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso 😉 ).

2

Em São Paulo: uma visita ao Mercado de Pinheiros

mercadaodepinheiros

Sempre gostamos de visitar mercadões: seja o de São Paulo mesmo, ou o pequenininho da minha cidade, ou em quase todas as nossas viagens. O Mercado de Pinheiros, ali no Largo da Batata, não seria uma opção que visitaríamos, mas por ter algumas lojas de chefs conhecidos no seu espaço, acabou despertando a nossa curiosidade. Não dizemos ‘não’ à um passeio gastronômico legal.

Visitamos o espaço em uma sexta-feira no fim da tarde. Os boxes de compras de alimentos como açougues, peixarias, vinhos, fecham as 18 horas. Alguns restaurantes ficam abertos até as 20 horas, mas é melhor chegar bem antes (explico direito abaixo).

Como chegamos exatamente as 18 horas, quase todos os boxes estavam fechados tirando os restaurantes. Ficamos meio chateados porque queríamos explorar um pouco o local, mas tudo bem.

mercadaodepinheiros4

Comendoria Gonzales

O Mercado de Pinheiros começou a ficar mais badalado depois da chegada da Comendoria Gonzales, restaurante peruano do chef Checho Gonzales, que ficou conhecido pela qualidade dos pratos que servia pelo precinho módico. Logo em seguida veio o Mocotó Café, uma proposta mais rápida do restaurante nordestino Mocotó, do aclamado chef Rodrigo Oliveira. Depois, chegou o querido Alex Atala inaugurando quatro boxes no mercado do Instituto Ata, projeto que visa rever a relação entre o homem e a comida.  Por fim, chegou o pessoal do Napoli Centrale, uma pizzaria que faz pizzas napoletanas (ou seja, com farinha italiana original) que prometia ser ótima.

mercadaodepinheiros5

Mocotó Café

Nosso plano era comer os dadinhos de tapioca do Mocotó Café, depois comermos o ceviche da Comendoria Gonzales e, para finalizar, uma pizza do Napoli Centrale. O plano foi por água a baixo, porque o Mocotó Café fecha as 18 horas em ponto, por isso ficamos sem os dadinhos de tapioca. Sem problemas, passamos pro ceviche.

mercadaodepinheiros3

Ceviche de Frutos do Mar (R$ 23)

Na Comendoria Gonzales, você pode escolher entre ceviche de frutos do mar ou de peixe do dia, e escolher entre quatro marinadas. Nós escolhemos o ceviche de frutos do mar (R$ 23) que é de camarão, polvo e pescada amarela com a marinada de suco de manga (suco de manga, suco de limão, cebola roxa, tomate, pimenta dedo de moça, coentro. hortelã, aroeira e sagu de coco). Primeiro de tudo, o ceviche é lindo, super colorido. O sabor da marinada estava super gostoso, minha única reclamação sobre o prato era que o polvo estava bem duro. Tirando isso, o ceviche estava bem saboroso.

mercadaodepinheiros2

Napoli Centrale

Como o namorado tinha ido na Napoli Centrale para comprar uma coca-cola, ele já me informou que só haviam apenas mais 10 massas de pizza (isso eram umas 18:30 h), ou seja, se não pedíssemos logo, ficaríamos sem. Por isso, como eu disse lá em cima, é melhor ir cedo. Você pega tudo aberto e sem chance de faltar alguma coisa que você queira comer.

mercadaodepinheiros1

Pizza de Burrata e Parma (R$ 25)

Conseguimos pedir nossa pizza, e escolhemos o sabor Burrata e Parma (R$ 25), que era recheada com burrata, pomodorino Giallo e Rosso, presunto cru e raspas de limão siciliano. A massa da pizza napoletana é bem diferente, tem um sabor bem acentuado (como se fosse um pão integral leve). O recheio estava bem gostoso, as raspas de limão siciliano ficaram bem pronunciadas.

No fim, nós tivemos um jantar gostoso com o valor muito justo. Valeu a pena para conhecermos o espaço, e deixamos pra uma próxima visita os dadinhos de tapioca do Mocotó Café.

Mercado Municipal de Pinheiros – Rua Pedro Cristi, 89, Pinheiros. São Paulo – SP.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve com o Booking.com, o melhor site de reservas do mundo.

Já seguiu o instagram do blog? Segue lá @lugarzinhosporai e veja nossas andanças por aí.