0

Em São Paulo: um almoço na Padaria da Esquina

IMG_3577

Meu coração é das padarias. Não tem jeito. Não pode abrir uma padaria interessante nova em São Paulo que eu já fico doida pra ir.

Esse foi o caso da Padaria da Esquina, que eu fui, me apaixonei e precisei ir de novo pra escrever um post aqui no blog.

IMG_3578

A Padaria da Esquina é uma padaria portuguesa moderna. É um empreendimento de Victor Sobral e do restauranteur Edrey Momo, donos e idealizadores do Tasca da Esquina e Taberna da Esquina. Ou seja, já era esperado uma padaria portuguesa com receitas tradicionais, mas com uma pegada mais moderninha (que o paulista ama).

O espaço é bem bonito. Temos a área da padaria e algumas prateleiras com produtos, como um pequeno empório.

IMG_3579

Visitei a casa duas vezes: uma em um domingo a tarde (que o local estava lotadíssimo) e outra em uma quinta-feira no horário do almoço (que o local estava super tranquilo).

Como na minha segunda visita quis aproveitar para almoçar, nos jogamos no cardápio de lanches e pratos.

IMG_3584 (1)

Sande Fria (R$ 21)

O meu pedido foi uma Sande fria de lombo de porco assado, tomate, manjericão, alface e aioli da Esquina (R$ 21) acompanhado de mostarda e picles. Meu lanchinho estava muito bom, o porco estava gostoso e a mostarda de acompanhamento era bem forte, o que deu um ótimo toque.

IMG_3583 (1)

Tiborna de Bacalhau (R$ 33)

Minha mãe foi de Tiborna de Bacalhau (R$ 33). A tiborna é um prato português em que o pão é usado como base para peixes e legumes. O do Padaria da Esquina vai bacalhau, espinafre, palmito pupunha, tomate assado, salsa, azeitonas, cebola e queijo meia cura por cima de uma fatia de pão de azeite.

Achei o recheio bem leve e com sabor suave, mesmo tendo diversos ingredientes de sabor forte. O que pegou mesmo foi o pão: bem duro, difícil de cortar com a faca (mordendo então, pior ainda).

IMG_3586 (1)

Vitrine de doces: um mais lindo e mais gostoso que o outro

De sobremesa tive que pedir o Fofo de Chocolate (R$ 9.10), um bolinho de chocolate baixo, que lembra uma mousse de tão cremoso. Tinha provado na minha primeira visita e me apaixonado por ele de tão bom.

Também levei alguns pães para casa, como o de azeite que é delicioso e super leve. Vale a pena uma visita na casa para provar também os doces portugueses (como o pastel de nata) que são muito bons.

Padaria da Esquina – Alameda Campinas, 1630, Jardim Paulista. São Paulo – SP.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso  ).

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai e siga a gente pelas nossas andanças pelo mundo 😉

 

Anúncios
0

Em São Paulo: os pães de fermentação natural maravilhosos da Beth Bakery

bethbakery5Eu cresci dentro de uma padaria. Eu trabalho com pães. E eu vou em padarias no meu tempo livre :P. Eu amo muito comer pão e tomar café, faz parte da minha vida. Minhas melhores lembranças são dentro de uma padaria e é o ambiente que eu escolhi para trabalhar o resto da minha vida.

bethbakery

Então uma das minhas maiores felicidades é encontrar padarias ótimas por aí. As padarias hoje em dia acabaram virando mini mercados, achar alguém que visa a qualidade do produto que está vendendo é MUITO raro por aí.

bethbakery4

Cafézinho da Beth Bakery

Meu paizinho querido que me levou na Beth Bakery: ele conheceu o local por indicação de colegas de turma de um curso de fermentação natural, foi lá e se apaixonou. Devo dizer que eu me apaixonei também.

A Beth Bakery é uma micro padaria (micro mesmo), da Beth Viveiros, antiga engenheira do Google que largou tudo para abrir o negócio próprio. Começou com um plano de assinaturas  pela internet no qual você recebia o seu pão em casa, e em seguida abriu o pequeno espaço na Vila Mariana. Os pães são feitos com fermentação natural, fresquinhos, e sem conservantes.

bethbakery1

Focacia de azeitona e alho poró (R$ 10)

Na nossa visita, provei um café (R$ 3,00), coado. Fraco para o meu gosto, mas não estava amargo. Combinou bem com a focaccia de azeitona e alho poró (R$ 10) que pedimos para dividir. A focaccia não sobreviveu nem para a foto, quando eu cheguei na mesa meu pai já havia dado uma mordida haha. A focaccia é maravilhosa, vale muito a pena provar, a massa é super fofinha. Acho que foi uma das melhores focaccias que eu já comi na vida.

bethbakery2

Cinnamon roll (R$ 6) e bolo de chocolate com framboesa (R$ 14)

Para levarmos para casa, escolhemos o cinnamon roll (R$ 6), um enrolado doce de canela, muito gostoso. De novo a massa estava muito boa, super fofa. Dava pra ver que estava bem fresco pela maciez do cinnamon roll, o que é bem raro de encontrar.

bethbakery3

Pão Sourdough (R$ 16)

Levamos também um pão sourdough (R$ 16). É um pão feito com fermentação natural com um processo mais longo de fermentação, o que o deixa com um sabor bem característico. É um dos meus tipos de pães favoritos, e o da Beth Bakery  estava delicioso. Com gosto de pão ‘de verdade’, se vocês me entendem.

Para sobremesa, compramos o bolo de chocolate com framboesas (R$ 14), que nada mais é que um bolo seco de chocolate com framboesas incorporadas na massa. Achei bem saboroso, e como eu amo essa combinação de framboesa com chocolate, fiquei muito feliz.

No geral, amei minha visita a Beth Bakery, foi um lugar que conseguiu me deixar muito impressionada pela qualidade dos produtos. Mesmo o lugar sendo pequenininho, vale muito a pena ir lá para levar alguns pães para casa (ou pedir pela internet, eles entregam).

PS: Precisa ficar atento ao horário de funcionamento do dia que você quer visitar, porque eles não funcionam em alguns dias da semana e tem uns horários diferenciados dependendo do dia.

Beth Bakery – Rua Paula Ney, 338 – Vila Mariana – São Paulo, SP.

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai

Procurando hotel em São Paulo? Use o Booking.com, o maior site de reservas do mundo.

6

Em São Paulo: Tomando café na Padoca do Maní

padocadomani1Sou daquele tipo de pessoa que, se deixar, troca todas as refeições por café da manhã e comeria pão e café com leite o dia inteiro. Por isso, a Padoca do Maní estava na minha lista de lugares para ir e eu enchi a paciência do namorado durante um tempão, até que nesse sábado conseguimos tomar um café da manhã bem tardio (que acabou sendo nosso almoço) lá.

padocadomani

Dos mesmos donos do Maní, o Padoca do Maní tem cardápio feito pela chef Helena Rizzo, eleita em 2014 pela Revista Restaurant a melhor chef mulher do mundo. O lugar tem uma decoração rústica com detalhes fofinhos para nos encantarmos. Além de servir café da manhã, tem opções de pães para levar para casa, como os pães rústicos fabricados no local ou os muffins (que, infelizmente, não provamos).

padocadomani5

Quiche de Palmito

Chegamos na Padoca às 13:00 do sábado e o salão ainda estava lotado. Colocamos nosso nome na lista de espera e fomos aguardar nas mesas perto do balcão. Como estávamos morrendo de fome (afinal eram 13 horas e ainda não havíamos comido nada), pedimos um pedaço da quiche que estava no balcão. Sim, pedimos pela aparência dela, já que nem perguntamos o sabor :), mas era de palmito e estava muito boa.

padocadomani3

Café Padoca

Quinze minutos depois, conseguimos uma mesa e já fizemos nossos pedidos. Namorado foi de mais um pedaço de quiche e chá gelado e eu fui de Café Padoca.

No Café Padoca é servido salada de frutas com iogurte e granola, café espresso ou pingado, suco de laranja, ovos mexidos e cesta de pães acompanhada de requeijão, manteiga e geleia. Primeiro de tudo: sou aquele tipo de pessoa que é influenciada por pratos lindos, e a bandeja é linda. Os ovos mexidos estavam bons, bem temperados e no ponto certo e os pães eram uma delícia. Mas, para mim, o ponto alto foi o a salada de frutas com iogurte que estava deliciosa.

O namorado comeu um pedaço de quiche de queijo dessa vez (além de metade do meu prato, claro) que estava boa, mas ainda preferi a de palmito.

padocadomani4

“o segredo do bolo” brigadeiro

Uma coisa que eu tinha planejado comer nessa visita era o famoso bolo de brigadeiro, então quando eu pedi para a garçonete e ela me respondeu ‘Preciso verificar se tem’, minha tristeza foi visível, acho que até a garçonete percebeu. Alguns minutos depois ela volta, com um sorriso no rosto ‘Moça, tem sim, mas está confeitando, leva uns 15 minutos’ e eu, claro, pedi um pedaço e fiquei aguardando meu bolo ficar pronto.

Aliás, esse é um ponto a ser comentado: o atendimento é muito bom, apesar de ser um pouco demorado. Elas te tratam super bem, além de indicarem coisas no cardápio caso o que você queira não tem.

Finalmente o bolo veio, essa coisa linda que está na foto, o bolo mais fotogênico que eu já comi na vida. Quanto ao gosto, achei a massa um pouco pesada, mas o brigadeiro da cobertura e do recheio era muito bom.

padocadomani2

No geral, eu gostei muito da Padoca do Maní. Ela é fofa, o atendimento é cuidadoso e os pratos são uma delícia. Apenas um porém: ela é carinha. Não que eu não esperasse por isso, e, afinal, nosso café da manhã acabou servindo de almoço, mas gastamos 100 reais em duas pessoas. Não é um café para todo dia, mas vale a pena.

Padoca do Maní – Rua Joaquim Antunes, 138 – Pinheiros, São Paulo – SP

0

Em São Paulo: conhecendo a padaria Mr. Baker no Itaim Bibi

mrbaker

Sexta-feira passada eu e o namorado estávamos bodeados da vida. Estava aquele friozinho chuvoso em São Paulo, que faz que o trânsito fique impossível, que os paulistanos fiquem com mau humor e que nós dois fiquemos com preguiça.

Parecia que a noite iria acabar em comida chinesa na frente do vídeo game mesmo, quando a ideia surgiu: ‘Vamos no Mr. Baker comprar algumas coisinhas e #partiucasa’. Eu tinha uma curiosidade tremenda de conhecer a Mr. Baker, já que ela ganhou o prêmio Comer & Beber da Veja São Paulo de melhor padaria de 2014, então unimos o útil ao agradável.

mr baker 2

O guaraná orgânico Wewi e a soda italiana Grenadine

Como a padaria é conhecida por seus pães feitos com farinha orgânica e fermentação natural, o plano inicial era escolhermos alguns pães e levarmos para casa para provarmos. Mas o espaço é tão bonitinho e o cardápio de lanches com opções tão chamativas que resolvemos pegar uma mesa e jantamos no local.

Para beber, namorado escolheu o guaraná orgânico Wewi (já que é o único refrigerante servido lá) e eu escolhi uma soda italiana de framboesa (que estava em falta) e foi prontamente substituída pela de grenadine. O guaraná é bom, é menos doce do que estou acostumada com guaraná Antarctica, mas a soda italiana estava um pouco aguada para o meu gosto.

mr baker3

Lanche Beija Eu

O meu lanche escolhido foi o Beija Eu, que era salmão defumado, aspargos, cream cheese e pimenta rosa no pão português. Meu comentário quando comi o primeiro pedaço foi ‘eu amo pimenta rosa, mas depois de um tempo fica enjoativa’. Dito e feito. Depois de dez mordidas eu já estava tirando a pimenta rosa do lanche com o guardanapo. Em geral, o lanche é bom, o pão é extremamente gostoso e nos faz entender o porquê da casa ter ganho o prêmio de melhor padaria de 2014, eu que sou jururu com pimenta rosa, mesmo gostando.

mr baker 4

Lanche Yummy

O escolhido do namorado foi o Yummy, feito com pernil desfiado (que é assado por 6 horas em seu preparo), queijo gruyère, abacaxi grelhado e  vinagrete no pão ciabatta. Eu provei e achei muito bom, o pernil bem temperado e o pão estava perfeito, uma das melhores ciabattas que eu já provei.

Ambos os lanches eram grandes, maiores do que esperávamos, e muito bem recheados. As batatas chips que vieram de acompanhamento eram muito gostosas e sequinhas. Gostei tanto que até roubei algumas do prato do namorado.

mr baker 5

Bolo brownie e cookie de chocolate belga

Desde a hora que chegamos na Mr. Baker, eu estava flertando com um pain au chocolat que estava na vitrine dos pães, mas eventualmente no meio do meu jantar uma senhora chegou e levou os últimos três do dia. Então, uma dica: assim que você chegar, já peça seu pain au chocolat, se não você vai ficar sem e magoado que nem eu :(. Mas, mesmo assim, decidimos levar um pedaço do bolo brownie que estava com uma cara ótima e o cookie de chocolate belga.

O bolo brownie não é durinho como na massa original: ele é bem cremoso e bem doce. Mas no geral gostei dele. Já o cookie de chocolate belga foi o meu favorito da noite, doce na medida certa com uma massa incrível.

mr baker6

No geral, gostamos da padaria, mesmo a achando cara. Os pães são muito bem feitos e ficamos com vontade de provar outros produtos, como as pizzas, os pães na chapa e, claro, o pain au chocolat que dizem que é incrível. Com certeza voltaremos, mas da próxima vez será para um chá da tarde ou café da manhã.

Mr. Baker – Rua Pedroso Alvarenga, 655 – Itaim Bibi, São Paulo