Em São Paulo: exposição Castelo Rá Tim Bum no Memorial da América Latina

casteloratimbum

Tenho um defeito meio insuportável de procrastinar a compra de ingressos. Eu já perdi as contas de quantos shows, espetáculos e mostras eu perdi por ficar enrolando para comprar um ingresso, e quando eu decidi comprar, estava esgotado. Foi o que aconteceu quando teve a mostra do Castelo Rá Tim Bum no MIS. Eu enrolei, enrolei, enrolei e aí acabaram-se os ingressos e eu fiquei sem.

casteloratimbum7

Croquis dos figurinos de Pedro e Zequinha

Quando soube que haveria uma outra exposição do Castelo, agora no Memorial da América Latina, eu já comprei os ingressos logo de cara, para não me dar a abertura de procrastinar e perder novamente. Não ia dar a chance pra minha habilidade em deixar ingressos esgotarem entrar em ação.

casteloratimbum6

O Mau ❤

Para que não sabe (caso você seja muito novo, ou gringo, sei lá, melhor explicar), o Castelo Rá Tim Bum foi um seriado infantil de cunho educativo de grande sucesso da Tv Cultura, um dos primeiros a serem feitos e patrocinados 100% no Brasil. Retratava a vida no Castelo do inventor Dr. Victor, onde seu sobrinho Nino tinha as mais diversas aventuras com seus amigos Pedro, Biba e Zequinha.

A mostra no Memorial da América latina vinha com a promessa de ser grande: 700 m² de exposição, tendo até a replica perfeita de como seria o Castelo por fora (incluindo a torre de 15 metros com a bandeirinha na ponta).

casteloratimbum8

“Passarinho, que som é esse?”

Chegando na mostra, a Leonora de 5 anos de idade dentro de mim quase teve um treco de felicidade. Entre meus 3 e 5 anos CRTB foi meu programa favorito, até tive uma réplica do Castelo que eu tentava levar comigo pra todos os lugares (o que fazia com que meus pais tivessem que sair por aí levando uma criança de 3 anos + um castelo pesado pra caramba – sim, meus pais ficaram felizes quando eu passei dessa fase).

casteloratimbum9

“Tchau preguiça, tchau sujeira, adeeeeeus cheirinho de suuuuuorrrr…”

Compramos os ingressos para o meio dia de um domingo, e nos deixaram entrar 15 minutos antes do horário. Logo na entrada, temos uma réplica do Porteiro que até mesmo falava ‘Plift, ploft, still, a porta se abriu’. Ai meu coração.

Assim que entramos demos de cara com uma maquete perfeita do castelo. Lindo.

casteloratimbum3

Quarto da Morgana

A mostra conta com figurinos, matérias de jornal, peças do cenário, roteiros, croquis e tudo o mais referente a produção do seriado pela Tv Cultura. Foram montados mais de 20 ambientes, produzindo com fidelidade os cenários do seriado.

casteloratimbum2

A Sala

Cada ambiente foi pensado para remontar o cenário do seriado, trazendo assim as peças dos seus devidos personagens. Tinha a oficina do Dr. Victor, o quarto da Morgana, o quarto do Nino, a sala, o encanamento do Mau, o estúdio da Penelópe, o laboratório do Tíbio e o Perônio, a biblioteca ♥…até personagens mais secundários foram lembrados, como o TeleKid.

casteloratimbum4

Uma das peças que mais me impressionaram foi o figurino da Caipora. Extremamente perfeito, cheio de franjas, fiquei ali imaginando o quão trabalhoso foi fazê-lo.

Uma das partes que mais gostei da mostra era uma sala, com tvs passando entrevistas dos colaboradores do projeto. Ouvir o presidente da Tv Cultura na época dizer o quão importante foi para a Tv Cultura ter conseguido fazer um programa 100% nacional na época e ter sido um grande sucesso, foi incrível.

casteloratimbum5

A Biblioteca: meu sonho de consumo infantil

Meu ambiente favorito foi sem dúvidas a Biblioteca: como uma criança que passava grande parte do tempo sozinha lendo, tinha um negócio por aquela biblioteca. Até hoje não posso ver uma biblioteca, ou um cantinho que deixam as pessoas lerem, que lá estou eu. Imagina passar horas todos os dias naquele lugar? Era um sonho.

Morri de amores do começo ao fim do meu passeio, mas realmente seria muito difícil eu não gostar. A mostra está bem feita, e os momentos de nostalgia que eu vivi não tem preço.

A mostra não estava impossivelmente lotada (como eu imaginei que estaria), mas estava cheia. Levamos quase 2 horas para percorrer todo o espaço da mostra, e, no fim, comprei uma caneca linda do Castelo para levar pra casa. A Leonora de 24 anos voltou no carro segurando a canequinha e com um sorriso de orelha a orelha.

Rá Tim Bum, o Castelo – Av. Soares De Moura Andrade, 664, Barra Funda – São Paulo, SP. Ingressos disponíveis até dia 30/06.

Procurando hotel em São Paulo? Reserve pelo Booking.com, o maior site de reservas do mundo. Reservando por esse link, uma porcentagem da sua hospedagem vem para ajudar a manter o blog (sem você pagar nada a mais por isso 😉 ).

Siga o instagram do blog! @lugarzinhosporai e siga a gente pelas nossas andanças pelo mundo 😉

Anúncios

2 comentários sobre “Em São Paulo: exposição Castelo Rá Tim Bum no Memorial da América Latina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s