Em Buenos Aires: a comida árabe divina do Sarkis

sarkisBasicamente quem organiza as viagens e tudo relacionado a ela sou eu. Enquanto eu passo meses decidindo cada coisinha que vamos fazer nos nossos dias de férias, namorado chega nos últimos dias e dá algumas ideias do que ele achou legal. 99% são coisas que já estavam no planejamento, mas as vezes ele surpreende, o que foi o caso do Sarkis.

Namorado bateu o pé que queria muito ir jantar lá, porque todas as resenhas que ele leu sobre o lugar eram ótimas. Eu, que não sou muito fã de comida árabe, enrolei ao máximo, até que um dia durante a viagem ele deu um basta, pegamos um táxi e finalmente fomos.

sarkis1

Parte do segundo andar do Sarkis

O Sarkis é considerado pelo Guia Oleo (guia gastronômico argentino) como o melhor restaurante árabe-armênio da cidade de Buenos Aires. Por ter pratos grandes e preços amigos, boatos que o local está sempre cheio, tanto de locais como de turistas.

O restaurante é bem grande, tem dois andares, mas mesmo assim precisamos esperar meia hora para conseguirmos uma mesa. Realmente estava LOTADO, em plena terça-feira, 10 horas da noite.

sakis2

Melhor homus 

De entrada pedimos meia porção de homus (sim, essa é a meia), que é uma pasta feita de grão de bico. Esse homus estragou todos os outros homus pra mim: ele é delicioso. Realmente nunca comi um igual, nem parecido. Bem cremoso, sem ser amargo, bem temperado, enfim, uma delícia.

sarkis3

Essa foto horrível é do Kafta de Cordeiro que pedimos de prato principal. Coitado, merecia uma foto melhor, mas nós já tínhamos atacado quando lembrei de tirar. O kafta de cordeiro é um espetinho de carne de cordeiro moída, e o do Sarkis estava muito saboroso.

sarkis4

Sorvete de chocolate com whisky: muito amor

Logo que chegamos, um casal ao nosso lado pediu essa sobremesa e eu fiquei de namoro com ela. Precisei pedir também: sorvete de chocolate mergulhado no whisky, com chantilly, calda de chocolate e nozes. Meus amigos…o que foi aquilo? Mesmo eu que não sou fã de whisky achei maravilhoso. E ele é enorme: comemos muito e ainda sobrou metade (daria fácil para ser a sobremesa de umas 4 pessoas).

O espaço do restaurante é bem familiar e simples mesmo, mas tivemos um dos nossos melhores (e mais baratos) jantares na cidade por causa dele. Valeu muito a pena nos deslocarmos até Palermo e o Sarkis virou um restaurante que eu sinto saudades quando lembro (do tipo: se tivesse em São Paulo, iria sempre).

Sarkis – Thames 1101, Palermo – Buenos Aires, Argentina.

Anúncios

6 comentários sobre “Em Buenos Aires: a comida árabe divina do Sarkis

  1. Que legal, estou louca para ir conhecer esse restaurante, todos os blogs que leio, todos mencionam ele, como sendo o melhor. E também ouvi relatos que é um restaurante barato, isso é verdade? Estarei em Buenos Aires no mês que vem 🙂

    Curtir

  2. Pingback: 1 ano de Lugarzinhos Por Aí: 4 lugares que eu gostaria de voltar | Lugarzinhos Por Aí

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s