Em Buenos Aires: um almoço na Pani

pani

Loja da Paní na Recoleta

Nas minhas primeiras pesquisas sobre o que fazer em Buenos Aires me deparei com a Pani e foi amor a primeira vista. Afinal, era uma padaria/café/restaurante com um espaço super fofo e com comidinhas que pareciam incríveis.

Então, desde o início da viagem já sabíamos: precisaríamos passar em pelo menos uma Pani na cidade para que eu pudesse experimentar seus pratos. E foi o que fizemos.

No nosso primeiro dia explorando a cidade, após fazermos a visita guiada ao Teatro Colón, resolvemos andar até a Galerías Pacífico, que possui uma Pani. Chegamos umas três e meia da tarde e o local estava bem cheio de porteños tomando café. Aliás, isso foi uma coisa engraçada que aconteceu todos os dias da nossa viagem: não importa se íamos almoçar ou jantar tarde, sempre os locais estavam apinhados de gente.

pani2

A decoração do local é realmente bem legal e fofa, os móveis são lindos e o espaço bem aconchegante. Como eu sentei em um cantinho do salão, não consegui tirar fotos da decoração, apenas do espaço em que eu fiquei 😦 nem da entrada eu tirei foto (a foto que ilustra esse post foi tirada na frente da Pani Recoleta).

pani3

Limonada e pedacinho do papel de parede

Para beber, escolhi uma limonada, que é batida com hortelã. Normalmente não sou fã de hortelã, mas essa combinação ficou muito boa, quebrou a acidez do limão e fez com que ficasse uma bebida bem refrescante.

pani4

 Panicho

O escolhido do namorado foi o Panicho que era um pão com salsicha envolta em polenta, queijo e mel com batatas palha caseira, acompanhado com guacamole e batatas fritas. O lanche era gostoso, mas bem seco, tinha-se que colocar bastante guacamole para conseguir comer. Como não somos muito fãs desse tipo de batata frita mais rústica, ficamos um pouquinho decepcionados, mas a batata palha estava demais, bem sequinha e crocante.

pani5

Slub Waffle

Já o meu escolhido foi o Slub Waffle: lombo de porco, cheddar, ovo, tomate, bacon, abacate e alface no waffle. Meu primeiro pensamento foi ‘é um lanche café da manhã’ e era uma delícia. Até o namorado comeu uma parte generosa dele. De acompanhamento também pedi as batatas fritas rústicas, que ficaram praticamente intactas já que ambos os lanches eram enormes.

Um adendo: OS LANCHES SÃO ENORMES. Na verdade, tudo que pedimos era enorme. Dava para ter dividido um lanche tranquilo.

pani6Black Cookies Cake 

A primeira coisa que eu tinha visto que eu queria provar na Pani era essa Black Cookies Cake. É uma chocotorta, tradicional sobremesa argentina, normalmente feita com a bolacha (sim, sou paulista, falo bolacha) Chocolinas, doce de leite, cream cheese e chocolate ao leite. Nessa versão, a bolacha Chocolinas é trocada por Oreo e o chocolate ao leite por chocolate branco.

Honestamente, a torta é deliciosa, bem cremosa e cheia de oreos, e mesmo cheios não conseguíamos parar de comer. Só que o pedaço de torta é gigante e ainda ficou mais da metade no prato.

Gostei muito de conhecer a Pani e se eu fizesse outra visita a Argentina iria novamente, mas acho que para experimentar o café da manhã, que falam que é muito bom,  e outros doces. Namorado já não gostou tanto assim e disse que não iria. Acho que é um daqueles casos de restaurante fofo com comidas fofas que me encantou, então se você gosta de lugares desse tipo, recomendo a visita.

Pani – Viamonte, 501 – Galerías Pacífico – Centro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s